Entenda o que é a comunicação face a face e saiba quando usá-la na comunicação interna

Comunicação interna e endomarketingA era digital impôs mudanças na cultura organizacional e na comunicação interna de diversas empresas. A tecnologia modificou a forma como trabalhamos e, principalmente, como nos comunicamos. Nesse processo, a comunicação interna tem sofrido um impacto negativo: a perda do diálogo face a face. Embora os computadores e smartphones, através de suas infinitas possibilidades, permitam uma comunicação eficiente, mesmo a distância, estar presente, em certas ocasiões, é essencial.

 

O que é comunicação face a face?

O face a face é um grande aliado para uma comunicação interna de qualidade. Ele é caracterizado pelos momentos em que líder e liderados conversam frente a frente, com um diálogo aberto e franco. O gestor deve falar pessoalmente com a equipe e abrir espaço para que esta também se pronuncie.

Quando usar o diálogo face a face?

Ele deve ser realizado em todas as ocasiões em que se pretenda evitar ruídos de comunicação. Além disso, é ideal para momentos em que é necessário contar com a credibilidade do próprio gestor diante dos colaboradores. O início de um novo projeto, a explicação de metas anuais, mudanças de procedimentos e o contorno de crises são exemplos de ocasiões em que a presença do gestor é fundamental.

Três benefícios na comunicação interna

Agora que você sabe o que é e quando usar na comunicação interna uma estratégia de face a face, conheça os seus benefícios.

Fortalece as relações de trabalho

O contato presencial fortalece as relações pessoais. A interação e a socialização no ambiente de trabalho físico aumentam o espírito de cooperação entre os profissionais. Assim, o gestor que mantém um diálogo presencial com os colaboradores na comunicação interna fortalece as relações de trabalho. Desta forma, a confiança dos empregados na empresa aumenta.

Aumenta a percepção de sentimentos

Uma conversa “cara a cara” permite ao gestor decifrar melhor os sentimentos das pessoas de sua equipe. A forma como o empregado se sente é a chave para a manutenção de um bom clima organizacional. A linguagem corporal, as expressões faciais e a atenção do funcionário não são perceptíveis quando ele atende o telefone ou lê um e-mail. Comunicar-se presencialmente permite que o líder identifique mudanças e se antecipe em soluções para uma boa gestão de pessoas. Para a ABB, gigante do ramo de tecnologias digitais presente em mais de 100 países, por exemplo, a comunicação face a face é a melhor forma de retenção de funcionários.

Abre as portas para a inovação

Quando o gestor dá a chance de os empregados conversarem com ele diretamente, recebendo o feedback sobre o trabalho, abre espaço para a inovação. Isso porque compreende melhor o que de fato acontece no dia a dia, podendo investir na melhoria contínua dos seus processos. O engajamento que o diálogo face a face consegue pode funcionar como um verdadeiro brainstorming.

Para que estes benefícios sejam visíveis, não basta apenas fazer uso da conversa face a face na comunicação interna. É preciso saber como usá-la. Veja, abaixo, algumas dicas para que você possa aproveitar melhor este momento entre gestor e empregado:

Mantenha o foco total na conversa, desligue o celular e afaste-se do computador;

Prepare-se bem antecipadamente. Tente antecipar possíveis questionamentos sobre o tema;

Dê espaço para que todos possam falar e ser ouvidos;

Procure falar de forma simples e objetiva. Facilite a compreensão dos interlocutores;

Deixe claro qual é o posicionamento da empresa.

Para estar preparado para os desafios da comunicação interna é preciso contar com ajuda profissional. Em casos como este, de um diálogo face a face, ter o apoio de uma agência pode ser decisivo para atingir os resultados esperados. Clique no banner a seguir e saiba como escolher o parceiro ideal para o seu sucesso.