O clima organizacional é um indicador que tem impacto direto em todas as áreas da empresa. Uma equipe desmotivada – na imensa maioria dos casos – é improdutiva. E os reflexos são sentidos em todos os setores: gestão de pessoas, atendimento ao cliente, produção, etc. Uma pesquisa que indique como está o clima na empresa pode respaldar sua estratégia de comunicação e evitar diversos problemas. Neste artigo, mostraremos como.

 

Por que fazer uma pesquisa de clima organizacional?

De acordo com o portal Carreira & Sucesso, da Catho, uma das maiores plataformas nacionais de vagas de emprego, as pesquisas são capazes de medir a satisfação e a insatisfação dos funcionários, “pois conseguem captar percepções mesmo em meio a cenários de mudanças constantes”.

Sua realização permite ao setor de Recursos Humanos se aprofundar na forma como os colaboradores recebem os estímulos da empresa. Ao compreender o seu público interno, torna-se mais fácil adotar estratégias assertivas, que aperfeiçoem o ambiente corporativo.

De posse das informações, os gestores podem intensificar as ações que são positivas para os funcionários. Também é possível corrigir as oportunidades de melhoria identificadas, gerando maior satisfação.

O clima

O clima em si nada mais é do que a percepção coletiva que as pessoas têm da empresa. Ele é mensurável, ou seja, é possível identificá-lo claramente quando conversamos com os colaboradores. Podemos dizer que, quando analisado, mostra fielmente como está a relação empregado/empresa. E o melhor: ele pode gerar um ciclo positivo para a sua organização:

Clima positivo -> Equipe mais motivada -> Melhor ambiente de trabalho -> Melhores resultados -> Mais lucratividade -> Maior possibilidade de retorno para os colaboradores (novas oportunidades, remuneração, planos de carreira, etc.) -> Clima positivo.

O que a pesquisa deve abordar

Para realizar a pesquisa, leve em consideração variados indicadores. Vá além do trabalho em si. Explore campos como: faixas salariais, nível de relacionamento entre as áreas, estilo de gestão, formas de comunicação, maneiras de desenvolvimento pessoal ofertadas, infraestrutura e benefícios. Tente montar um panorama 360° da empresa, abordando tudo o que envolve sua relação com o empregado.

A importância da pesquisa de clima para os processos de comunicação

O resultado da pesquisa é uma fonte valiosa de informações para a comunicação interna da empresa. Ele irá permitir que você trabalhe para alinhar sua imagem à sua identidade. Assim, os empregados entenderão melhor sua missão, l

O colaborador que é ouvido e tem as suas demandas atendidas se sente mais motivado, aumentando sua produtividade. Além disso, saber o que se passa na mente dos funcionários permite que você tenha uma mensagem direcionada na comunicação interna. Será possível pautar o discurso naquilo que os empregados almejam. Assim, é possível trabalhar pela melhoria do clima através dos canais internos, se este for o caso.

Ações como essas devem ser feitas com transparência. Esse tipo de processo interno abre espaço para uma cultura de diálogo aberto. Com certeza, após a conclusão, a comunicação de informações passará a ser mais clara. Ao fim, será possível que todos trabalhem alinhados, em prol dos objetivos da organização, de forma coordenada com suas diretrizes. E mais importante do que isso, sua empresa passará a contar com colaboradores mais engajados.

Na aplicação da pesquisa de clima organizacional, o setor de comunicação interna também tem papel fundamental. Ele deve apoiar os profissionais de Recursos Humanos para explicar o porquê da realização e, depois de concluída, deve ajudar a desdobrar os resultados.

Se você identificou que os empregados não estão satisfeitos com os benefícios, os salários ou os métodos de segurança aos quais estão expostos, uma campanha de comunicação bem construída pode ajudá-lo a mudar o cenário.